Konjac, o macarrão lowcarb – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Konjac, o macarrão lowcarb

por Alexandra Moreira

Oie! Essa semana, eu vou falar um pouco sobre o Konjac. Quem me segue lá no Instagram, viu que essa semana eu resolvi experimentar a massa que virou febre entre celebridades. A “massinha” zero carboidrato possui versões que substituem o macarrão, a massa da lasanha e o arroz, sendo um grande aliado para quem adere um estilo de vida low-carb.

Nos estados unidos, ele ficou super famoso em 2012, quando os médicos começaram a utilizar em dietas com restrição de carboidrato. De fato, ele tem pouquíssimas calorias, (cerca de 9 calorias a cada 100 gramas) isto porque ele é formado basicamente de fibras e água.

 

Mas o que é esse tal de konjac?

O konjac é uma planta medicinal muito difundida no Japão e na Indonésia, há mais de 2 mil anos é utilizada como remédio caseiro para evitar a prisão de ventre e emagrecer, pois possui um componente denominado glucomanano, uma fibra que não é digerida pelo organismo e absorve até 100 vezes o seu volume em água!

Devido a isso, o consumo do konjac proporciona maior saciedade, a massa gelatinosa preenche o estômago, o que auxilia nas dietas. Por outro lado, ele pode dar um pequeno desconforto intestinal, com inchaços e gases justamente pelo alto teor de fibras.

Ele é uma massa bem fininha, com aparência esbranquiçada e gelatinosa. Seu sabor é bastante suave, diria até bem “neutro”, assim o que dará gosto mesmo são os temperos e molhos que utilizar no preparo. A textura me fez lembrar um pouco a lula, mas substitui bem o macarrão tradicional.

O preparo também é bastante fácil e rápido, basta passar o produto em água corrente por 15 segundos e depois misturar com o molho de sua preferência para aquecer.

 

Qual o valor e onde encontrar?

O preço não é dos mais baratos, mas para uma refeição ou para ainda experimentar vale a pena. Em média o pacote com porção para uma pessoa custa R$ 25,00. Ele é vendido normalmente em lojas de produtos naturais, e também já é possível encontrar em alguns mercados.

 

Eu ainda não experimentei em todos os formatos, porém o penne que fiz essa semana não me agradou na textura. Ainda prefiro continuar com meu espaguete de pupunha ou de legumes. (vou experimentar mais formatos de Konjac e conto como foi!)

 

Me conta se você já conhece e o que você achou!

 

Até a próxima semana!

 

 

Importante
Os textos de nossos colunistas não refletem necessariamente a opinião do Portal Afina Menina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *