As dicas da Geração Z: Priscila Miguel, especialista em Beleza, fala de tendências que fogem totalmente do ‘cringe’

Nas últimas semanas a gíria ‘cringe’ invadiu o vocabulário dos brasileiros e muitos se perguntaram o que significava. Tudo aconteceu após internautas da Geração Z (nascidos entre 1996 e 2015) criarem uma lista de coisas que eles achavam ‘cringe’ (algo como ‘inadequado’, ‘cafona’) e que os Millennials (geração dos nascidos entre 80 e 95) faziam.

 Pegando carona na gíria, Priscila Miguel, especialista em Beleza – que já está de olho faz tempo na Geração Z e em como se manifestam nas redes sociais e nas ruas – listou tendências de Beleza que estão com tudo entre os mais novos e fogem de vez do ‘cringe’.

 

 “Gosto de acompanhar as tendências de beleza que surgem com a Geração Z nas redes sociais, como TikTok, entre outras. Eles não só vem ditando tendências como são fator atrativo para muitas marcas de beleza, que enxergam nestes conteúdos algo mais humanizado e mais próximo do público”, diz a influenciadora, que ressalta: “Devemos também tomar cuidado com algumas loucuras que aparecem na web. Vi, por exemplo, um vídeo de uma garota colando o lábio no buço. Total absurdo e perigoso. É importante, claro, como toda tendência, saber filtrar o que é bom e o que é incorreto”.

 

Modernização do animal print

 

Uma das tendências apontadas por Priscila está na variedade da estampa animal print. A Geração Z está fugindo um pouco da eterna ‘onça/leopardo’ e fez com que a estampa de vaca e zebra sejam hits. Um exemplo disso está quando buscamos “Cow” e “Zebra” nails, que estão fazendo sucesso até mesmo no Pinterest.

 “A estampa de zebra apareceu nas passarelas em 2019 por Saint Laurent e começou a ir para as ruas, acho que agradou tanto a geração Z que logo tomou conta das redes sociais, podemos ver nas unhas e roupas. Já a estampa de vaquinha começou com makes e logo a geração ‘moderninha do momento’ amou”, destaca Priscila, que declara: “Sou apaixonada pela estampa de zebra, já comecei a usar em 2019. Já as estampas de vaca preciso me acostumar mais”.

 

Geração do Skincare

 

Priscila Miguel relembra que a Geração Z, segundo estudos, é a ‘Geração do Skincare’. Sabendo disso, a influenciadora aponta: “Eles consomem muito produto para cuidar da pele. Mas, o que eu mais amo nesta geração, é que eles vieram para quebrar padrões de beleza impostos a anos e as marcas estão tendo que rebolar para acompanhar tudo isso”.

 Ainda sobre os ‘moderninhos’, a influenciadora conclui, citando as principais tendências de beleza que surgiram: “Eles amam se cuidar, mas gostam de realçar sua própria beleza natural. Então eles cuidam da pele e preferem uma make mais realista, nada de camadas e camadas de base, e a sobrancelha natural, o mais natural possível. A geração Z quer praticidade, quer verdade, eles não aceitam padrões.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar