Microblanding gera resultados mais naturais nas sobrancelhas e contribui para harmonização facial – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Microblanding gera resultados mais naturais nas sobrancelhas e contribui para harmonização facial

Especialista conta como é possível conseguir harmonização facial por meio de sobrancelhas que respeitam a simetria do rosto e o perfil de cada pessoa

Especialista em microblanding, procedimento de maquiagem semipermanente, Priscilla Kajihara, uniu diversas técnicas para conseguir chegar ao resultado que sempre almejou aos seus clientes: fazer com que eles vejam a própria beleza, com procedimentos que visam cada vez mais naturalidade. Para ela, a tendência no mercado de estética e beleza para os procedimentos nas sobrancelhas é buscar o natural e é preciso muita qualificação profissional e técnica para isso.

Além do aspecto menos artificial, o método corrige a simetria no rosto e proporciona harmonização facial, que consiste em seguir a sobrancelha natural sem tentar transformá-la ou modificá-la em demasiado.

“Não foi fácil chegar em uma técnica que fosse realmente natural, estudei muito nos últimos anos, fiz várias especializações, foram noites sem dormir estudando e muito dinheiro investido, dei o melhor de mim para alcançar o nível de excelência que eu tenho hoje nos meus procedimentos”, declara Priscilla.

Ela conta com oito especializações em micropigmentação, sendo que cada uma delas a ensinou uma técnica diferente. Caimento dos fios, materiais, simetria, técnicas variadas de medição foram importantes para que hoje ela pudesse fazer uma junção de tudo e chegar à sua própria técnica com resultados de máxima naturalidade.

“Não há motivos para se fazer sobrancelhas iguais para todas as pessoas, cada ser humano é único, cada sobrancelha e estrutura óssea é diferente, ou seja, cada sobrancelha deve ser personalizada para cada cliente, não existe um padrão e quanto mais de acordo com o perfil, personalidade, estilo de vida de cada um, mais natural ficará o resultado”.

Harmonização facial com microblanding

Há muitas técnicas utilizadas nos procedimentos de micropigmentação, mas a que mais proporciona naturalidade é a microblanding. Por meio dela é possível imitar os fios como se fossem reais seguindo, inclusive, os caimentos naturais deles em cada pessoa.

“Quando definimos a simetria de uma sobrancelha precisamos antes sentar e conversar com o cliente para tentar entender qual é o estilo dele, o que gosta e o que mais o incomoda na sobrancelha atual. Muitas vezes a pessoa tem uma personalidade mais doce precisando de uma sobrancelha que tenha essa finalidade, já em outros casos, a pessoa tem perfil mais sensual, mais ousado. Podemos e devemos ajustar para que o estilo de cada um seja condizente com o que se quer passar. Uma sobrancelha bem feita segue o desenho natural do cliente, sendo possível ajustar alguns pontos que vão valorizar ainda mais o rosto da pessoa”, explica.

É possível, assim, corrigir a simetria no rosto com técnicas de microblanding. “Desenvolvi uma técnica de harmonização facial pela sobrancelha, na qual além de corrigimos todas as falhas dos fios conseguimos desenhar e alinhar a sobrancelha de cada cliente baseada no seu rosto e na sua estrutura óssea. Essa harmonização consiste em seguir a sobrancelha natural sem tentar transformá-la ou modificá-la exageradamente. Desta maneira, a cliente se reconhece e entende o quanto ela está mais bonita. Caso você modifique muito o desenho natural que já existe, ela não vai se reconhecer, sendo muitas vezes um choque não muito agradável para a pessoa”.

Priscilla optou por se especializar em microblanding por acreditar que com o passar do tempo uma micropigmentação muito pesada poderia, muitas vezes, não satisfazer todos os seus clientes e que a micropigmentação natural é a mais indicada para que no futuro o resultado possa acompanhar o envelhecimento natural de cada pessoa. Segundo ela, é necessário ser sútil e ter delicadeza neste tipo de procedimento.

Praticamente indolor  

A especialista relata que um dos principais medos para quem deseja fazer procedimentos de micropigmentação, é com relação à dor. Antigamente não existiam anestésicos eficientes para que o tratamento fosse indolor, porém hoje com o avanço da tecnologia, existem anestésicos tópicos potentes que fazem 90% do procedimento ser indolor.

Outro receio das pessoas, segundo Priscilla, é por parte dos erros de simetria. “Vemos muitos erros de simetria na internet, pessoas com sobrancelhas totalmente desalinhadas, artificiais e com cores fantasia como azul, verde e rosa. Isso assusta muito as pessoas e nós como profissionais da área devemos ter consciência de como isso afeta a autoimagem dos nossos clientes. Devemos ter muita responsabilidade e estudar muito, nos tornar especialistas e diminuir os riscos de erros, para que os clientes cada vez mais tenham confiança em se submeter a esses procedimentos”.

Profissionais qualificados são imprescindíveis

Achar um excelente profissional faz toda a diferença para evitar falhas no procedimento. Mas para aqueles que ainda não se decidiram por fazer micropigmentação, é aconselhável encontrar um profissional em design de sobrancelha que possa deixar a sobrancelha desenhada e simétrica para o rosto da pessoa.

Mas atenção: as falhas em quaisquer sobrancelhas não podem ser preenchidas sem a micropigmentação e para quem ainda não se convenceu em fazer o procedimento, é possível utilizar a maquiagem para disfarçar essas imperfeições. “Dê preferência para as sombras em pó para preencher as sobrancelhas, e evite o uso de lápis pois a composição deles tem metais pesados e podem influenciar na perda de pelos”, aconselha Priscilla.

Qual é a tendência de sobrancelhas no Brasil?

Para Priscilla, a tendência a partir de agora é buscar o natural e restaurar sobrancelhas antigas com despigmentação, pois somente dessa forma será possível trazer toda naturalidade de volta para as mulheres brasileiras.

“No Brasil a demanda é crescente por sobrancelhas super arqueadas e com muita sensualidade, porém ainda vejo muitos trabalhos com resultados extremamente artificiais, o que não é o ideal.  Acredito que podemos melhorar no futuro e com certeza eu contribuirei para essa mudança com os cursos e técnicas ajustadas ao gosto das brasileiras que levarei para o Brasil.

Kajihara possui o PK Studio, situado na cidade de Komaki, na província de Aichi, no Japão, onde atende em média 5 clientes por dia e já realizou mais de 10 mil procedimentos. Seu faturamento mensal é de 2 milhões de ienes, equivalentes a cerca de 100 mil reais. Em sua maioria, seu público é composto por mulheres e seu carro-chefe é o serviço de micropigmentação de sobrancelhas. Ela também realiza outros procedimentos, como micropigmentação capilar para quem sofre de calvície ou mesmo casos mais graves de Alopecia, delineados nos olhos e revitalização dos lábios.

Ela tem planos de vir para o Brasil no segundo semestre deste ano, assim que a situação da pandemia da Covid-19 melhorar, para poder iniciar a expansão do PK Beauty Academy e fundar sua própria escola de micropigmentação. “Levaremos técnicas como o microblading que reproduz fios super-realísticos e ensinaremos técnicas de medição que vão ensinar tanto pessoas a fazerem sobrancelhas do zero, como profissionais da área que precisam dar um upgrade na profissão e melhorar seus atendimentos”, conta.

Outro projeto que Priscilla está à frente, é uma ação social que leva esperança às mulheres que sofrem de câncer. A especialista em sobrancelhas que foi curada de um câncer de mama, ressignificou sua dor oferecendo serviço de micropigmentação de sobrancelhas gratuitamente à pacientes no Japão e que perderam os pelos com a quimioterapia. Ela também pretende trazer o projeto ao Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *