Mega Hair de fita: Dicas para mantê-lo nessa quarentena – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Mega Hair de fita: Dicas para mantê-lo nessa quarentena

O mega hair tem se tornado um dos assuntos mais discutidos no segmento de beleza. Há quem aprove, há quem goste, quem não goste e quem critique. O fato é que a discussão sempre se estende para debates animados e, nada melhor que uma especialista, para poder falar sobre as  técnicas e polêmicas que envolvem o tema. Como o método de fita é mais recente, é comum que ainda tenham algumas dúvidas sobre a aplicação e o método.

Segundo a hairstylist e fundadora da técnica Megahairinvisivel, Tati Cordeiro, o método mais seguro é exatamente o de fita, pois é discreto e o mais aprovado pelos dermatologistas. A especialista ainda conta que desenvolveu sua própria técnica de mega hair baseando-se na fita e se tornando uma querida no ramo de beleza. Tati conta um pouco sobre a os métodos e seus benefícios:

“A aplicação do método com faixa é indolor, discreta, não causam dores e não danificam os fios. É indicado para todas as mulheres que querem realizar o sonho do alongamento de cabelo. O método é aprovado por dermatologistas e é válido ressaltar que devem ser tomados alguns cuidados, como:

  • Usar o secador de maneira neutra para não danificar a fita;
  • Não usar produtos que podem danificar os fios naturais e os aplicados, sempre procurar algo neutro, como alguns produtos próprios para megahair.
  • Evitar fortes exposições a produtos prejudiciais como o cloro.
  • As manutenções são feitas de 45 a 60 dias, o período indicado é devido ao crescimento do cabelo, na medida em que ele vai crescendo, a base vai ficando distante do couro cabeludo. Como existe uma queda de 100 fios por dia, eles podem se enroscar e embaraçar o cabelo, então recomendamos essas manutenções para mantê-los saudáveis.
  • Quanto aos cabelos usados, sabemos que os cabelos indianos, russos, chineses e vietnamitas, formam uma mistura de cabelos de diferentes doadores, com espessuras e texturas distintas, não levando em conta a direção das cutículas. São coletados em pilhas, portanto não é possível manter as cutículas de todos os fios no sentido raiz-ponta. O cabelo brasileiro, é o mais resistente, é o que possui melhor textura e o que nós conseguimos aplicar química sem nenhum tipo de problema, é um cabelo que conseguimos selecionar fios inteiros para ficar com as pontas cheias. Escolho pela qualidade, tanto que o mundo todo compra o cabelo brasileiro.
  • A técnica aplicada é uma escolha das clientes, cada uma possui um tipo específico de cabelos, então também trabalhamos com diferentes métodos. É recomendável que seja aplicado por um profissional capacitado. Nós recomendamos o megahair de fita, mas isso é uma escolha da cliente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *