Dia do Esportista: conheça os benefícios de manter uma rotina de exercícios – Afina Menina – Um Portal para todas nós

Dia do Esportista: conheça os benefícios de manter uma rotina de exercícios

Além das atividades físicas regulares, uma dieta balanceada também é uma grande aliada na prevenção do câncer e de outras doenças

Anualmente, no dia 19 de fevereiro, é celebrado o Dia do Esportista. A data surgiu em 1993 e tem como principal objetivo homenagear os diversos tipos de práticas esportivas e principalmente conscientizar a população sobre os benefícios que o esporte traz para a saúde. O hábito da prática esportiva, aliado a uma alimentação balanceada, ajuda no controle do peso e na prevenção de doenças relacionadas à obesidade, entre elas o câncer e as cardiovasculares.

O cirurgião oncológico e especialista em Terapia Nutricional do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP e do Valencis Curitiba Hospice, Vinícius Basso Preti, conta que estudos científicos apontam que a realização de atividades físicas ajuda na prevenção de pelo menos sete tipos de tumores: rins, bexiga, esôfago, estômago, cólon, mama e endométrio. “Um dos grandes benefícios do exercício físico é que ajuda a nos manter dentro do peso ideal. Hoje, a obesidade é a segunda causa de morte prevenível por câncer e, em vários municípios do Brasil, já é a primeira. Para quem está acima do peso, o exercício é um grande aliado. Para aqueles pacientes que têm câncer, o grande benefício do exercício físico é na formação da massa magra, ou seja, nossos músculos. Pacientes que perdem massa magra durante o tratamento têm menor chance de sobrevida e pior qualidade de vida. O câncer e os tratamentos como a quimioterapia não são contraindicação à realização de atividades físicas.”

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que adultos façam atividade física moderada de 150 a 300 minutos ou de 75 a 150 minutos de atividade física intensa, quando não houver contraindicação. Os exercícios também ajudarão, dependendo da disposição que está o paciente, na recuperação e melhor sobrevida. No entanto, é fundamental procurar um especialista antes de iniciar qualquer esporte, evitando lesões e para descobrir qual atividade física é a mais indicada.

Alimentação balanceada também é fundamental

Não basta apenas realizar exercícios se a pessoa não possui uma dieta equilibrada, principalmente na questão de evitar a obesidade e doenças como o câncer, já que existem alimentos que funcionam como antioxidantes que irão oferecer para o organismo substâncias para combater os radicais livres que atacam as células.

Segundo a nutricionista Karen Cardoso Inamassu , da unidade IOP no Oncoville, possuir uma alimentação correta e manter atividades físicas é indispensável para o equilíbrio do organismo. “Devemos sempre priorizar uma alimentação rica em alimentos de origem vegetal como frutas, verduras e legumes, leguminosas e cereais integrais, limitando o consumo de alimentos ultraprocessados, ou seja, aqueles industrializados prontos para o consumo e bebidas açucaradas. Essas boas escolhas contribuirão para a prevenção do câncer. Assim como há a relação da má alimentação com a doença, a boa alimentação tem relação com a longevidade. O consumo dos alimentos in natura, integrais, orgânicos, ricos em polifenóis, antioxidantes e fitoquímicos, contribuirão para um envelhecimento saudável, mantendo a capacidade funcional física e cognitiva do indivíduo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *