Como o suplemento pode ajudar a chegar no shape e performance desejados – Afina Menina

Como o suplemento pode ajudar a chegar no shape e performance desejados

O pré-treino reforçado é muito importante para a reposição de energia na hora de aumentar a intensidade dos exercícios

O novo ano chegou e com ele as promessas de intensificar os exercícios para alcançar o shape desejado. Para quem já está com um bom ritmo de treinos, seguindo uma dieta adequada e quer se desafiar a ir mais longe nos resultados, a estratégia nutricional é inserir um pré-treino reforçado, com quantidades adequadas de nutrientes e ativos, que ofereçam mais disposição, força, recuperação muscular e otimizem a performance do atleta. Essas propriedades podem ser encontradas em suplementos ergogênicos, compostos com substância como a taurina, a cafeína e a arginina, além de micronutrientes, como o zinco. Confira os benefícios desses nutrientes e ativos explicados pela nutricionista e consultora da New Millen, Bruna Nogueira:

Taurina – Aliada do desempenho físico

A taurina é um aminoácido encontrado em grandes concentrações em tecidos, como músculo e neurônios. Na performance esportiva, essa suplementação se relaciona com a recuperação dos estoques de energia que auxiliam na otimização da performance física em esportes de endurance, como a musculação. “A suplementação com taurina, ainda está associada com a melhora da oxidação de gorduras, demonstrando efeito termogênico, otimizando a oferta energética e auxiliando na modulação da composição corporal”, explica Bruna.

Veja mais  Edição 2020/2021 do DECORBOOK USA coloca designer de interiores Flavia Gueiros entre os melhores profissionais dos Estados Unidos

Cafeína – Parceira da disposição

A cafeína uma substância rapidamente absorvida pelo organismo, sendo encontrada na corrente sanguínea após 15 a 45 minutos da ingestão, o que auxilia no rápido funcionamento do metabolismo e aumenta a disposição de energia na hora do treino. Segundo a nutricionista, a suplementação com cafeína associa-se com o aumento do gasto energético diário, a redução da ingestão de calorias, redução da fadiga e aumento da performance.

Arginina – Otimização da performance

Esse aminoácido é chamado de semi-essencial, ou seja, o organismo é capaz de produzi-lo, porém quando há uma exigência maior, como na hora da prática dos exercícios, é preciso incluir a suplementação. “Alega-se que ele é capaz de promover aumento do óxido nítrico no músculo, uma substância que promove a vasodilatação, melhorando a força, a potência e a recuperação muscular, já que ao aumentar o diâmetro dos vasos sanguíneos, é maior e mais potente a oferta de nutrientes e aminoácidos”, explica Bruna.

Veja mais  Dia dos pais com Zen Life

Micronutrientes

A deficiência de minerais e oligoelementos, micronutrientes envolvidos nos processos de geração de energia e na síntese muscular, pode afetar negativamente o desempenho esportivo e a composição corporal. Segundo a nutricionista e consultora da New Millen, existem alguns micronutrientes que são mais interessantes nas formulações de pré-treino, “o magnésio, que atua na manutenção da massa muscular, performance e produção e estoque energético, sendo aliado do aumento da performance, o zinco, que se associa com a síntese muscular e também, com o adequado funcionamento do sistema imunológico, importante para pessoas que treinam intensamente e a vitamina B6, importante para o desempenho esportivo, já que ela atua na geração de energia.”, explica. Bruna destaca ainda que o bom desempenho e resultado dos treinos não dependem unicamente da intensidade e regularidade desses, tendo na alimentação um papel-chave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *