Tudo custa – Afina Menina

Tudo custa

“Nunca fiz terapia ou análise. Acredito que ajude mesmo, mas é muito caro.”

Leia ouvindo: O preço – Engenheiros do Hawaii  

Estamos em pleno 2020 e, sim, persiste um grande imaginário em torno das experiências analíticas e terapêuticas. Um destes pontos diz respeito ao preço. Quanto é a sessão? Quanto custa fazer terapia ou análise? Qual é o preço? Me diz o valor? Em quantas consultas resolvo meu problema (no raciocínio de calcular o custo)?

E com essa você pode achar que eu estou sendo filosófica demais, mas é preciso informar que o valor é construído individualmente com cada pessoa atendida e deve corresponder à valorização do processo pelo interessado e a sustentação pelo tempo que for necessário. Receita de bolo e fórmula mágica deixamos da porta para fora.

Veja mais  Prematuros podem apresentar dificuldades no processamento sensorial

Ou seja, o preço que se paga por uma análise é muito mais do que monetário. É o ato de pagar o preço de se comprometer com o autoconhecimento e o enfrentamento de questões íntimas e caras, a médio e longo prazo. Caso contrário, posso advertir que não funciona. Assim como pagar o plano anual academia e não ir (agora tenho certeza que convenci rsrs).

Portanto, a questão central do preço não é financeira. É da ordem do desejo e da transferência. É estar disposto a bancar o processo analítico dentro e fora do consultório, não apenas cumprir tabela e pagar um boleto.

Veja mais  ANVISA aprova novo tratamento para doença rara pulmonar

– Lá no meu direct (@yaskarapsi) recebo dúvidas, questionamentos e também histórias que queiram compartilhar… Elas são respondidas aqui, em forma de texto, sem identificação (e com uma música especial). Vamos pensar sobre o que estamos vivendo? Até semana que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *