Procurando uma atividade para chamar de sua? Conheça sete benefícios do Pilates e invista na modalidade – Afina Menina

Procurando uma atividade para chamar de sua? Conheça sete benefícios do Pilates e invista na modalidade

Em aparelhos, com auxílio de acessórios ou no solo, o que realmente importa é se manter ativo e aproveitar cada instante da atividade com prazer

Que tal se jogar em uma modalidade que trabalha condicionamento físico e flexibilidade, ensina a controlar a respiração e movimentos precisos?

“O Pilates proporciona inúmeros benefícios, os exercícios do método atuam no corpo e na mente. A modalidade é baseada em seis princípios básicos que garantem os resultados aos praticantes: concentração, controle, precisão, centro, respiração e fluidez. E é uma grande bobagem achar que a atividade é apenas para reabilitação ou para pessoas da terceira idade. Pilates é para todos independentemente de idade, sexo ou condição física. Exercício é para quem quer estar bem, se manter ativo, melhorar quadros de dor com o auxílio de profissionais gabaritados para dar todo o suporte e a atenção necessária para cada aluno”, ressalta Matheus Garofalo, fisioterapeuta e consultor de saúde da MetaLife Pilates.

Um estudo britânico, https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30402992/ – em 2018, reuniu adultos (15 mulheres e sete homens) com doenças musculoesqueléticas crônicas (dor lombar inespecífica, osteoartrite articular periférica e uma variedade de condições pós-cirúrgicas) em um programa de exercícios de Pilates. A pesquisa mostrou que os participantes sentiram que o corpo passou a “funcionar” melhor, com controle dos movimentos e mais independente. Outro dado importante é que a atividade ocasionou benefícios psicossociais, como aumento da confiança, autonomia da própria condição, estilo de vida saudável e motivação para continuar a praticar os exercícios.

Para incentivar a prática da modalidade, o fisioterapeuta listou sete motivos para investir em aulas de Pilates:

  1. Aumenta a resistência física: os exercícios trabalham vários músculos do corpo ao mesmo tempo, desde aqueles nunca trabalhados até os que estamos acostumados a fortalecer nas atividades do dia a dia.
  2. Corrige problemas posturais: uma das maiores procuras pelo Pilates se dá por pessoas que possuem algum tipo de problema postural. Por estar sempre em uma péssima condição postural, a coluna vai acumulando vários problemas que podem evoluir para algo mais significativo no futuro. O método é essencial no tratamento desses desconfortos, pois ele promove exercícios de reabilitação que atuam nessas áreas, além de atividades de alongamento e flexibilidade que ensinam a melhor postura a ser aplicada no cotidiano. Durante os exercícios, o fortalecimento das musculaturas que mantêm a coluna ereta é essencial para que, em longo prazo, esses problemas possam ser tratados da melhor maneira possível, evitando que continuem evoluindo no futuro. É importante lembrar que, caso os problemas posturais não sejam resolvidos, outros transtornos podem surgir ao longo do tempo em decorrência de uma negligência com a postura, sendo assim, é importante além de praticar Pilates, procurar um bom especialista.
  3. Tonifica a musculatura: todo fortalecimento físico desenvolvido durante as aulas de Pilates, é benéfico para a tonificação do abdômen, ajuda a melhorar o desempenho em outros esportes, protege a coluna e facilita as atividades do dia a dia, como levantar, sentar ou agachar.
  4. Potencializa a flexibilidade: os alongamentos são essenciais para despertar o corpo, e o exercício ajuda a aumentar a circulação de sangue pelo corpo e a quantidade bombeada para os músculos; é um dos maiores ganhos ao apostar na atividade que trabalha constantemente todo o corpo. Ser mais flexível ajuda a melhorar a performance em outras atividades e pode ser um tempero especial em momentos íntimos.
  5. Promove menos atrito nas articulações: as articulações do corpo possuem uma lubrificação chamada de líquido sinovial, é responsável por lubrificar e nutrir as células das articulações. Porém, quando ocorre muito atrito entre essas articulações, o líquido pode ser produzido com menos frequência, causando doenças como artrite reumatoide e osteoartrites. Por conter uma gama de exercícios progressivos, o Pilates possui exercícios que não impactam a musculatura. Ou seja, por serem movimentos que não contam com atitudes bruscas, eles não têm um efeito negativo nas articulações, diminuindo assim, o atrito causado por exercícios de maior impacto como musculação pesada e atividades com saltos.
  6. Melhora a respiração: mais do que apenas fornecer oxigênio ao corpo, a respiração faz toda a diferença durante os exercícios, pois ter o controle da musculatura potencializa o efeito dos movimentos após a atividade. É importante ter uma inspiração profunda seguida de uma expiração forte. Dessa forma, conseguimos estabilizar melhor a coluna, o que contribui para uma postura correta, além de diminuir a dor muscular e melhorar o rendimento durante as atividades e a qualidade de vida.
  7. Proporciona noites de sono melhores: a insônia atrapalha muito a vida daqueles que sofrem desse mal; isso acontece porque a falta de sono diminui o ânimo e causa diversos problemas como dores de cabeça e estresse. A atividade exige concentração e controle na hora da execução, o que ajuda a mente a se acalmar durante o período de aula. Esse processo auxilia as pessoas com problemas de ansiedade a terem um dia mais calmo, não tão agitado, com bem-estar e tranquilidade.
Veja mais  Mercur lança Nova Muleta Canadense focada nas necessidades das pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *