Cartas de bom dia na psicologia positiva – Afina Menina

Cartas de bom dia na psicologia positiva

A psicóloga gaúcha Gabriella Möller explica um processo do Instituto Heroína sem Capa para que mulheres iniciem seus dias com práticas voltadas ao bem-estar, à saúde física e mental

Diferente de sua versão mais tradicional, a Psicologia Positiva trabalha mais as forças do que as fraquezas do ser humano. Mais a busca da felicidade que o estudo dos distúrbios da mente. Com esse intuito, materiais visuais que estimulem reflexões e ações voltadas ao bem-estar podem ser importantes aliados. Afinal, essa linha teórica da psicologia só é realmente efetiva quando vivenciada na prática.

Por isso, no Instituto Heroína sem Capa, dedicado a potencializar mulheres para a felicidade, no qual atuo como psicóloga, implementei uma intervenção chamada “Cartas de Bom-Dia”.

São cartinhas enviadas toda manhã com frases e tarefas a serem realizadas, como exercícios práticos da teoria passada nos nossos encontros com mulheres de 20 a 60 anos de idade, que estejam em acompanhamento ou treinamento no Heroína sem Capa.

O conteúdo das cartas é voltado a conectar as mulheres a pilares do bem-estar e ao autoconhecimento positivo. A intenção é ajudá-las a construir rotinas que promovam sua saúde física e mental, sob um novo olhar de mais otimismo diante da vida.

Um exemplo: “Prezada Heroína, bom dia. Estamos passando para te convidar a despertar sua intenção de viver este dia. Acorde seu corpo e mente. Faça um alongamento e visualização daquilo que planejou para hoje. De frente para o espelho, não deixe de se observar e fazer suas afirmações positivas. Para hoje o desafio é fazer pausas. Desconecte-se do mundo para se conectar ao seu corpo por alguns minutos”.

QUATRO TEMAS

A base para esses conteúdos está em quatro temas da Psicologia Positiva: Forças de Caráter, Pilares do Bem-Estar (PERMA-V), Mindfulness e Otimismo.

Veja mais 

Estudos recentes demonstram que o reconhecimento das próprias forças amplia as perspectivas das pessoas na forma de enxergar a vida, instalando esperanças, ajudando a aumentar a motivação e construindo significados mais positivos aos acontecimentos. Ainda resulta em redução do estresse, além de aumentar emoções positivas e vitalidade.

Quando orientamos sobre o uso das forças de caráter, estamos ensinando as mulheres a enfrentar desafios situacionais de forma mais flexível, buscando seus objetivos e focando no seu potencial. Uma das formas que usamos de facilitação para o processo de entendimento e aplicação dessas forças é inserir nessas cartas referências de pessoas famosas ou marcantes na história, que ilustrem cada força. Por isso, nas cartas de bom-dia, também indico livros, filmes ou biografias que destaquem personalidades que as possuam – e como e quando as utilizam.

Já para trabalhar os pilares do bem-estar, falamos em emoções positivas, engajamento, relações positivas, significado e realizações, além de vitalidade – um modelo elaborado por Martin Seligman, um dos grandes teóricos da Psicologia Positiva, que o chamou de PERMA-V.

Cientificamente constatou-se que o cumprimento das dimensões do PERMA-V está associado a taxas mais baixas de depressão e mais altas de satisfação com a vida.

MINDFULNESS

Usamos ainda a atenção plena no conteúdo das cartas, por tratar da nossa capacidade de manter a consciência momento a momento nos nossos pensamentos, sentimentos, sensações corporais e no ambiente, procurando não ser críticas ou julgadoras, apenas nos permitindo aceitar o que não podemos mudar. Mas também nos fazendo ampliar as possibilidades do que de fato podemos mudar.

Veja mais  Blue Zones: as regiões do planeta com o maior número de centenários

No programa Heroína sem Capa, inserimos o mindfulness por meio da Pausa Transitória, da professora Tamara Russel. É uma possibilidade de praticar a atenção plena em movimento; ou seja, de forma rápida, prática e aplicável a qualquer realidade. Dessa forma, amplia-se a nossa percepção por meio da única coisa que de fato nos conecta ao presente: o corpo.

PENSAR POSITIVO É SÓ O COMEÇO

Com o uso das cartas de bom-dia, constatei, por meio de questionários de autoavaliação e relatos, que as mulheres que as receberam tiveram um impacto muito positivo em suas rotinas, níveis de felicidade e autorrealização, melhora nos relacionamentos, na saúde física e mental.

Assim, pude confirmar que a inserção de conteúdos da Psicologia Positiva, seja por meio de material escrito, discussões online ou práticas, pode causar impacto positivo e incrementar níveis de bem-estar e felicidade na vida das pessoas. Além de aumentar sua resiliência e capacidade de solucionar problemas e lidar com as adversidades.

Felicidade, afinal, não é uma simples consequência de pensar positivo. Felicidade é sabedoria, e sabedoria é ligar conhecimento à prática, explorando recursos como as cartas de bom-dia – um jeito de iniciar cada manhã com um chamado à reflexão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *