Conheça mais sobre a Fáscia Muscular e os pontos gatilhos de dor – Afina Menina

Conheça mais sobre a Fáscia Muscular e os pontos gatilhos de dor

A Fáscia protege os músculos, diminuindo o atrito entre eles.

Quem realiza treinos diários ou pratica algum tipo de atividade física como, jogar bola, correr ou nadar, sabe como é difícil não sofrer com algumas dores durante o processo. Quando essas são persistentes podem derivar dos pontos de gatilho, que ocorrem quando a fáscia muscular sofre algum estresse.

“Envolvendo os músculos, ossos, nervos e vasos sanguíneos, a fáscia que possui uma grande elasticidade e resistência, diminui o atrito entre os músculos e os protege, garantindo uma movimentação muscular facilitada”, explica o ortopedista Daniel Carvalho.

Muitos problemas que envolvem as dores musculares ou lesões, estão relacionados com a fáscia, como essa conecta todo o corpo, quando o indivíduo sofre algum trauma, físico ou emocional, ou está passando por algum processo inflamatório ou de cicatrização, a fáscia perde a sua elasticidade, ficando tensa, essa gera desconforto e dor, por isso algumas questões relacionadas à beleza também podem ter a sua origem nas fáscias.

Veja mais  Livro gratuito para uma melhor saúde mental

O Dr Daniel apresenta, “Quando o paciente sofre quedas, acidentes de carro, passa por alguma cirurgia, possui uma lesão por esforço repetitivo ou então apresenta postura incorreta, o fluxo sanguíneo que normalmente passa pelo tecido fascial de forma uniforme, começa a receber impulsos nervosos mais fracos, a sua amplitude de movimento fica limitada e claro, o indivíduo sofre com dores”.

O tratamento indicado é a Liberação Miofacial, através de técnicas onde todo o complexo do tecido doloroso é manipulado, para diminuir a tensão, que causam os sintomas.

Veja mais  Qualidade de vida é a esperança no tratamento da Esclerose Múltipla

“Essa técnica, normalmente, é aplicada com as mãos, por meio de toques suaves que relaxam as fáscias, mas também podem ser utilizados  os Foam Rollers, que realizam essa massagem suave nos tecidos do paciente”, finaliza o ortopedista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *