A importância de dizer não – Afina Menina

A importância de dizer não

Muito do que escrevo nos textos aqui é para transmitir aprendizados com vocês leitores e para mim mesmo, risos.

As vezes a gente leva cada uma na fuça, que se arrepende de ser tão bonzinho. E com o tempo percebe que dizer sim para todo mundo atrapalha muito a realização dos nossos objetivos.

Toda vez que dizemos sim para o outro, estamos dizendo não para nós mesmos. Toda escolha envolve uma renúncia. Sabendo disso, precisamos saber avaliar cada convite ou proposta que recebemos.

Você se sente assim? A pessoa boazinha que diz sim para todos, mas que fica sem tempo para realizar seus objetivos? Que não quer ir em algum compromisso chato, mas acaba aceitando? Se já teve essa sensação, esse texto é para você.

Por onde começar a mudar?

Se conhecendo, tendo claro na sua cabeça quais compromissos vão te tirar do seu foco.

Avaliando se aquilo com que nos comprometemos está alinhado aos nossos propósitos de vida. Não quero dizer que você precisa tirar proveito de toda situação, as vezes o altruísmo faz bem, ajudar os outros sem esperar nada em troca é incrível.

Só estou dizendo que não podemos ajudar os outros se não nos ajudarmos primeiro.

Para ajudar o outro, primeiro esteja seguro

Quando trabalhava nos escritórios fiz treinamento para ser parte do grupo de brigadistas de incêndio. Aprendemos técnicas básicas de primeiros socorros em caso de fogo ou acidentes de trabalho.

Uma das lições mais importantes era que se encontrássemos alguma situação de perigo no trabalho ou na vida, primeiro precisávamos assegurar que tínhamos segurança para socorrer outra pessoa.

Por exemplo, se o prédio pegasse fogo e alguém ficasse preso lá dentro, primeiro teríamos que avaliar rapidamente e ter certeza se não colocaríamos nossa vida em risco entrando lá para o ajudar. Porque dependendo da situação poderíamos piorar o acidente e se tornar mais uma vítima, dificultando o trabalho dos socorristas profissionais.

Com certeza a realidade em situações de perigo não é perfeita como na teoria, muitas vezes nos arriscamos sem pensar ao ver alguém em perigo. E na vida é assim também, muitas vezes, alguém pede ajuda com uma tarefa e antes de verificar se podemos ajudar já dizemos sim.

Veja mais  Review – máscara facial com argila - Natuphitus

Muitos de nós tem a mania de ser bonzinho de mais, ao ponto das pessoas se aproveitarem da nossa boa vontade.

Tudo bem você ter um super coração e ajudar todo mundo, mas entenda que se ajudar a todos e esquecer de si mesmo, seu desempenho na vida vai cair e consequentemente não vai estar bem para ajudar as pessoas.

Para exemplificar, pense que seus familiares pedem seu cartão de crédito para realizar uma compra. Com boa vontade você empresta, e depois seu familiar acaba não conseguindo pagar a fatura. Aí quando você precisa comprar um celular novo porque o seu quebrou, seu cartão está sem limite. Ou mais simples, seus amigos te convidam para sair todo final de semana, você precisa focar nos seus projetos pessoais, mas não quer perder as amizades e acaba saindo sempre com eles e atrasando seus sonhos.

Como dizer não?

Primeiro precisamos nos comprometer com nossos projetos de vida, ter definidos quais são nossos objetivos. Para ter consciência do que nos aproxima das metas e o que nos afasta.

Depois é simples, quando algo não estiver alinhado com seus propósitos, simplesmente diga: não.

Ok, sei que não é fácil assim. Queremos dizer não, mas não queremos magoar as pessoas. Mas saiba que isso vai ser inevitável, e que isso não te torna uma pessoa malvada.

Pare de se importar tanto com o que pensam de você. É inevitável, algumas pessoas vão ficar chateadas ou te achar arrogante. Existem pessoas com dificuldades em aceitar um “não”, elas vão virar a cara ou ficar insistindo para ganhar um sim. Por isso é importante estar alinhado com seus objetivos e ser comprometido consigo mesmo.

Pare de se explicar tanto, você não deve satisfação sobre sua vida. Existem algumas circunstâncias específicas em que você tem responsabilidades e deve explicações para seu chefe, sua namorada, seus melhores amigos.

Veja mais  Polenta com Linguiça, Queijo com Espinafre, Marguerita e Português são sugestões práticas de bolos que podem até substituir uma refeição

Mas no geral ninguém tem nada a ver com suas escolhas de vida. Então pare de inventar mil justificativas, principalmente para estranhos, apenas diga que não quer em um tom amigável e ponto. Se a pessoa te achar arrogante ou se magoar, isso é apenas a percepção dela. Você tem todo o direito de educadamente recusar as coisas.

E se eu precisar me explicar?

Se faz questão de se explicar, entenda que diálogo é a chave para qualquer tipo de relacionamento. Seja amoroso, de negócios ou amizade.

Caso seja uma pessoa próxima, deixe sempre claro que não é nada pessoal, você apenas não quer fazer aquilo porque precisa focar em si mesmo e nos seus objetivos. Por exemplo, tenho recebido muitos convites para dar um entrevistas e fazer lives. Mas estou num momento sobrecarregado de atividades e projetos, não posso me comprometer com ninguém, então eu apenas digo que não posso para o estar focado em muitos projetos ou para tentarmos numa outra oportunidade.

A maioria das pessoas entende e nem pede justificativas, essas são as bem resolvidas. Mas quando insistem, já que sou bonzinho (né), por educação digo que estou respeitando meus limites e não marcando nenhum compromisso.

É complicado, mas é libertador

Comece hoje mesmo a filtrar quem realmente você pode e deve ajudar, e praticar o “não” para o mundo e o “sim” para você. Se ame, se priorize.

Seja você também a pessoa que aceita levar não das pessoas. As vezes dói, mas tente entender que as pessoas não têm a obrigação de aceitar nossas propostas e não leve para o lado pessoal. Faz parte da vida, os “nãos” sempre novos levam a novos rumos na vida.

Um abraço e até a próxima semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *